Cabô 2017. Foi bonito, foi. Foi intenso, foi.

Foi esse ano bem maluco de autoconhecimento, sabe? Do aprendizado nosso de cada dia. Estou ainda no (longo) processo, mas cada vez mais, me reconhecendo. Felizinha com a minha personalidade, aceitando uns defeitos aqui dentro e tudo consequentemente sendo mostrado aqui fora. Num cabelo ondulado e volumoso, nas tatuagens novas e nas roupas, claro.

Foi de vários momentos para lembrar e sorrir com a alma. Minha família aumentou de novo e um dos meus amores se foi.

Trabalhei viu? Trabalhei pra caralho. Tive vários dias de procrastinação também, e tudo bem. Perdi as contas de quantas noites deitei na cama super cansada mas com aquela sensação maravilhosa de que foi um dia cheio. Também teve quase que proporcionalmente, conquistas. Muitas mesmo. E aprendi a me apropriar delas, o que não é arrogância nenhuma admitir.

Os comentários da família no Natal foi de ‘e aí tá trabalhando?’ para ‘menina, assisti aquele seu vídeo’ e fiquei toda boba por ver que as pessoas, muitas que eu nem imaginava, estão mesmo me assistindo. Por outro lado, esse blog ficou bem abandonado por meses, nunca tinha ficado tanto tempo. Mas estamos aqui né? De layout novo e escrevendo, ah que saudade de escrever!

Foi o ano que aprendi a me organizar melhor, a usar a minha agenda para anotar todas as minhas tarefas. Meu tempo tá tão bem distribuído que dá até gosto, nunca imaginei que diria isso. Não matei nenhuma planta e tô gostando de tê-las aqui em casa. Meu strogonoff está digno de um almoço de domingo. Roupas limpinhas, passadas e guardadas em intervalos menores. Estou há seis meses sem tomar refrigerante.

Passei muito tempo em São Paulo e tô mais apaixonada ainda pela cidade. Quem sabe não rola ir morar lá ano que vem ou no próximo? Pegar o trânsito da Avenida dos Estados só para visitar meus sobrinhos nos fins de semana. Dar muita risada e morrer de fofura com eles. Olha que lindo. Ajuda aí, universo!

Tô muito hippie pregando a palavra das good vibes e gratidão. Não é por nada, não. É que quem voltou a dar as caras por aqui foi minha ansiedade. Mais intensa do que nunca! Então fui forçada a aprender a ser grata pelos dias que estava bem, simplesmente bem. Mas tá tudo bem agora, ela está controlada dentro da caixa de fluoxetina :)

O look é de outubro e é um dos meus preferidos do ano porque mostra bem como estou gostando de me vestir nos últimos tempos. Cintura alta, estampa divertida e melissa. Nada demais. Mas tem algo de diferente, cê consegue ver? Tô me reconhecendo, como disse lá em cima. Estilo pessoal é isso né?

Saia e T-shirt: Colcci / Melissa: Strap Sandal / Óculos: Aliexpress

Um 2018 bem lindão pra gente!

Beijos, Stéphany




Comente pelo Facebook

Comments

  1. Estava com saudades do blog e claro dos looks! Que em 2018 você aprimore o que conquistou esse ano e vá além! Beijos.

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *